Minha Quitandinha: um mercado para chamar de seu

Inspirada no conceito honest market, o minimercado autônomo funciona 24 horas por dia, 7 vezes por semana, sem a necessidade de funcionários

Foi em março de 2020, no município de Balneário Camboriú, localizado no litoral norte do estado de Santa Catarina, que três empreendedores natos: Guilherme Mauri, Marcelo Villares e Douglas Pena, somaram suas experiências em consultoria corporativista, TI e franquias, respectivamente, para lançar no município de Itajaí/SC, a primeira loja da Minha Quitandinha, um minimercado autônomo que opera durante 24 horas por dia, sete dias por semana e que consegue levar praticidade, conveniência, qualidade e segurança, para dentro dos condomínios residenciais. 

O sucesso foi tamanho, que entre os meses de janeiro e fevereiro de 2021, os empreendedores investiram mais R$ 190 mil na estruturação do negócio e começaram a expandir por meio de licenciamento pelo estado catarinense, onde já conta com cinco unidades, incluindo Balneário Camboriú e Blumenau, além dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Pará. Atualmente, a Minha Quitandinha possui 17 lojas e 12 licenciados.

A estruturação do negócio ampliou também o escopo da startup que passou a mirar não só nos condomínios residenciais verticais e horizontais a partir de 150 apartamentos ou casas, como também em empresas, clubes, academias, marinas e hotéis, que apresentassem um fluxo médio diário acima de 500 pessoas. Para ser instalada nesses locais, a Minha Quitandinha não requer muito espaço, sendo o ideal acima de dois metros quadrados, podendo ser no hall de entrada, recepção, corredor ou até mesmo em uma vaga de garagem. O layout é pré-definido, personalizando cada projeto de acordo com a área e caso desejável, podendo optar pela instalação de um container na área externa ou ainda operar o modelo de negócios white label, sem alteração no custo ou na operação. Internamente as unidades possuem freezers, geladeiras e gôndolas, que se adaptam ao ambiente definido. 

Com um nome simples e um mix de produtos que inclui mais de 700 itens, a Minha Quitandinha é um mercado para chamar de seu. O funcionamento é bem prático e viabilizado pelo sistema de self check-out. Nele, o consumidor participa diretamente de todo o processo de compra, incluindo a escolha de cada item até o pagamento. As compras são realizadas por meio de um app de celular gratuito, seguindo um passo a passo bem simples: primeiro, baixe o aplicativo no celular e faz o cadastro com os dados pessoais; depois vai até uma loja do Minha Quitandinha escaneia os produtos que deseja adquirir e efetua o pagamento via app com o cartão de crédito ou débito cadastrado.

De olho no novo normal

Em tempos de pandemia é preciso considerar um novo padrão de normalidade, onde ir ao supermercado é sim uma necessidade, mas também pode ser encarado como uma verdadeira aventura. Saber que existem soluções que, além de minimizar os riscos de contágio do Covid-19, oferecem mais segurança, praticidade e conveniência, nos dá mais vigor para enfrentar esse momento e acreditar em dias melhores. Com a previsão de conquistar seu primeiro milhão no ano de 2021, chegando a 100 lojas abertas, a Minha Quitandinha tem um horizonte promissor pela frente, oferecendo um serviço 100% digital, dispensando interações humanas e ainda gerar renda de cashback para o condomínio. Afinal, esses novos hubs de negócios representam um mercado a ser explorado, visto que as pessoas estão evitando sair de casa e fugindo de aglomerações e de contatos físicos. Só em 2020, o Brasil, foram registrados 278.703 estabelecimentos com o CNAE 8112-5/00 (Condomínios prediais), 0,36% a mais que em 2019, segundo o portal Empresômetro, números que animam os fundadores da Minha Quitandinha para continuar a venda de licenças.


Sobre Minha Quitandinha

A Minha Quitandinha é uma startup de tecnologia em varejo, que surgiu no ano de 2020, em Santa Catarina, em meio a pandemia do coronavírus. Idealizada por três empreendedores: Guilherme Mauri, Marcelo Villares e Douglas Pena, a ideia é levar praticidade, conveniência, qualidade e segurança, através de um minimercado autônomo, baseado no conceito de honest market, instalado dentro de condomínios residenciais verticais e horizontais, empresas, hotéis, clubes, marinas e academias, que opere durante 24 horas por dia, sete dias por semana. O minimercado inteligente é indicado para condomínios a partir de 150 apartamentos/casas e demais locais, com fluxo médio diário acima de 500 pessoas.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.