Falta de papel higiênico em supermercados é culpa dos jovens

Pesquisa realizada com mil cidadãos da Alemanha mostra que quem mais estoca produtos na crise do coronavírus tem entre 18 e 29 anos. Nível educacional e salarial são também relevantes para esse comportamento.

Prateleiras de supermercados vazias de papel higiênico e macarrão se tornaram uma imagem icônica da crise do coronavírus. Segundo pesquisa realizada na Alemanha, os jovens adultos são os principais responsáveis pela carestia.

Num estudo da companhia de análise de mercado Nielsen, divulgado neste sábado (02/05), 53% dos consultados entre18 e 29 anos e 51% entre 30 e 39 anos admitiram ter comprado mais comida, papel higiênico e sabão do que normalmente, durante a pandemia. Em comparação, apenas 19% dos maiores de 60 anos e 24% dos cinquentões reforçaram seus estoques.

 

>>>   matéria completa aqui   <<<

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.